Restaurantes

Restaurantes abertos no Dia de Ação de Graças em 2018

Este ano, vasculhamos as festas de Ação de Graças da cidade para oferecer opções para sacudir suas tradições, estejam elas em um restaurante ou em uma cozinha familiar.  Depois de um feriado livre de dor de cabeça em um desses lugares, dê ao seu Dia de Ação de Graças todos os acompanhamentos com uma noite de bebidas em alguns dos melhores bares abertos no Dia de Ação de Graças ou nas melhores tortas de Nova York.


1. Manhatta

📍 Financial District

Como se o chef Danny Meyer já estivesse em um lugar de destaque suficiente, o mais recente empreendimento do restaurateur bem-sucedido está instalado no 60º andar de um prédio no Financial District, com vista para todo o sul de Manhattan e seus canais. O cardápio da sala de jantar é composto por três novos pratos clássicos americanos.

Preço: US$ 120
Experimente: Sunchoke e sopa de castanha com trufas negras


2. Eleven Madison Park

📍 Flatiron District

O chef Daniel Humm e o parceiro Will Guidara servem refeições New American elegantes e constantemente reinventadas nesta sala de jantar no  Flatiron District, super bem decorada que foi reaberta recentemente.

Preço: US$255 
Experimente: Peru assado com maçã caramelizada e recheio de castanha


3. The Breslin

📍 Flatiron

O gastropub do April Bloomfield é um templo para carnes, assados e terrinas indulgentemente ricos, por isso não é surpresa que seu cardápio de férias reflita sua grandeza.

Preço: US$95; US$55 para crianças
Experimente: Sopa de batata doce cristalizada


4. The Grill

📍 Midtown East

Major Food Group deslumbrou em seu remake do famoso Grill Room. Não é apenas a deferência para o interior histórico, embora as familiares paredes de vidro, persianas metálicas e o suporte de latão projetado por Richard Lippold sobre o bar devam pacificar a velha guarda preocupada. É também o menu do meio do século, inspirado no Delmonico’s e no 21 Club, onde o chef Carbone reconstrói clássicos continentais.

Preço: US$195
Experimente: A costela (prime rib) por US$ 79


5. The Pennsy

📍 Midtown West

Para quem trabalha nos escritórios de Midtown, e os foodies sabem que este espaço de 750 metros quadrados localizado acima da Penn Station têm muitas opções, inclusive para veganos, onívoros, pescatérios, sem glúten.

Preço: US$30
Experimente: Comida vegana e vegetariana e pratos tailandeses são a pedida.


6. Quality Eats

📍 West Village

Se parece uma churrascaria e anda como uma churrascaria e fala como uma churrascaria, é uma churrascaria? Por definição, a Quality Eats é uma churrascaria especializada em cortes carnudos de açougueiro, mas se deleita em subverter os totens clássicos do chophouse.

Preço: US$24 
Experimente: Peru em um pão caseiro de batata-doce com recheio de batata frita, salada de repolho, feijão verde, cranberry e mostarda de maçã.


7. The NoMad

📍 Flatiron

O recente retorno dos hotéis all-day começou com a reinvenção da forma nos hotéis Standard, Ace e Gramercy Park. Mas o NoMad, com seu rico bar de mogno e refeitórios envoltos em cortinas de veludo vermelho, é o nosso primeiro retorno verdadeiramente opulento.

Preço: US$165; UD$65 crianças menores de 12 anos
Experimente: Carne com crosta óssea com cercefi, pêra e zimbro


8. Root & Bone

📍 East Village

A australiana Janine Booth, do Top Chef, junta-se a Jeff McInnis (Yardbird, de Miami), para retomar as esperanças do Deep South.

Preço: US$75 adulto; US$45 crianças menores de 12 anos
Experimente: Peru frito


9. Holy Ground

📍 Tribeca

Depois de descer a escura escadaria com painéis de madeira, você surge em um espaço direto da década de 1920 – com exceção dos flappers. Os bancos se alinham no piso de ladrilhos em frente ao bar, onde os mixologistas que usam suspensórios sacodem as bebidas. A estética da churrascaria retrô culmina em uma banqueta de couro vermelho que divide as mesas de madeira escura das pinturas antigas e ecléticas, fotos e bordados nas paredes.

Preço: US$100
Experimente: Peru defumado com broa de milho


10. Red Rooster Harlem

📍 Harlem

No Harlem, o bistrô de Marcus Samuelsson, o soul food global ocupa o centro do palco, mesclando habilmente os sabores frito do sul, leste africano, escandinavo e francês. Enquanto o ex-chef Aquavit, agora estrela de TV culinária, pode sacrificar a elegância em favor do apelo de massa, você ainda encontrará a haute cuisine ocasional florescer.

Preço: US$55
Experimente: Pão de milho com manteiga de abóbora


11. Reynard

📍 Williamsburg

O Wythe pode parecer, para alguns, como o começo do fim para o bairro, com seu bar no terraço desenhando longas filas e seu restaurante no térreo embalado em peregrinos do outro lado do East River. E poderia ter sido, se não fosse pelo homem por trás daqueles estabelecimentos que comiam e bebiam. Esse restaurante, Reynard, é uma criação de Andrew Tarlow, um dono de restaurante tão responsável quanto qualquer um pelo ascendente culinário do Brooklyn.

Preço: US$95
Experimente: Couve-flor assada na madeira com truta defumada, creme de couve-flor e pão ralado


12. Oceana

📍 Midtown West

Em uma tentativa de reacender o interesse no marco de 18 anos, seus proprietários mudaram o local para o sul em escavações mais espaçosas e opulentas. Se a parte alta da Oceana fosse uma embarcação de recreio confortável (projetada para parecer um iate), sua encarnação do centro da cidade – com abajures Brobdingnagianos e superabundância de mármore branco polido – é mais como um transatlântico de luxo. 

Preço: US$85; US$45 para crianças menores de 12
Experimente: Foie Gras e Lagosta


13. Hearth

📍 East Village

O East Village precisava de um Hearth – um lugar sofisticado, porém descontraído, que não era apenas mais um surpreendentemente bom buraco étnico na parede. Contornando a tendência das placas pequenas, a comida saudável é grande, rica e saborosa.

Preço: US$98
Experimente: Mousse de abóbora com compota de amora e nozes temperadas


14. Left Bank

📍 West Village

O chef Laurence Edelman (Barbuto, Mermaid Inn) transformou o espaço Braeburn – agora equipado com um lustre de ferro e ferro forjado vintage, paredes de tijolos pintados de branco e chifres de boi – neste restaurante New American. Espere pratos compostos como tartare de cordeiro com batatas, anchova e queijo parmesão, e brandade crocante com azeitonas e torradas.

Preço: US$80
Experimente: Couve de bruxelas raspada com molho de maçã, erva-doce e nozes


15. Miss Lily’s 7A Cafe

📍 East Village

Se você fechar os olhos, você pode quase ver os ossos da 7A, a cantina 24 horas que distribui conforto na Avenue A e East 7th Street por 30 anos. O bar envolvente e os assentos levantados ainda estão lá, mas as antigas escavações renasceram como uma casa de diversão reggaeton, uma mistura de mesas de leopardo rosa e pisos de espuma de mar quadriculada.

Preço: US$48
Experimente: Jerk peru e molho com recheio de brioche, chutney de cranberry, callaloo e mac & queijo


16. Indian Accent

📍 Midtown West

Só com aparência, o sotaque indiano fica mais próximo do jantar do que do divertimento, todos os cinzas inofensivos e o revestimento escultural – a única semelhança do flash indiano é uma parede folheada a ouro – e seu cardápio é organizado em opções de preço fixo e menu de degustação. Mas então chega um amuse bouche de naan quente imbuído com, o que é isso, queijo azul? Divirta-se, de fato.

Preço: US$95; US$49 para crianças menores de 12 anos
Experimente: Cata-ventos de peru assado com esmalte de tomate sálvia, paneer e pimentão


17. Dirty French

📍 Lower East Side

Este vistoso empreendimento do Ludlow Hotel é o primo parisiense que fuma tabagismo ao paesano de três cartas de Monte Carbone. Um fio vagamente dos anos 80 atravessa a sala de jantar francesa: o hot pink aciona o sinal de néon Dirty Dancing – esque a entrada, uma tonalidade que se repete nos botões dos garçons e depois nas alças gravadas em lucite das facas Laguiole do restaurante.

Preço: US$98
Experimente: Peito de peru assado com blanquette de perna refogada, recheio sujo, couve de bruxelas, molho de cranberry e purê de pommes


18. Parker & Quinn

📍 Midtown West

Um bistrô americano com toques retrô serve pratos regionais de origem local no Refinery Hotel. O Chef Jeffrey Forrest (Soho Grand, o Plaza Food Hall) distribui comida sofisticada: pão de milho com manteiga e manteiga de coentro; mexilhão de vieiras escabeche; e lagostins de pântano vermelho com salsicha andouille e milho doce.

Preço: US$49; US$22 para crianças
Experimente: Peito de peru assado lentamente com cidra de maçã e recheado com brioche e recheio de cebola


19. Katz’s Delicatessen

📍 Lower East Side

Essa cafeteria cavernosa é um repositório da história de Nova York – as celebridades de celebridades do século passado lotam as paredes, e as ofertas clássicas de delicatessen judaicas são incomparáveis.

Price: US$90; US$50 para crianças
Experimente: Uh, é rodízio.

Falafel · Israelense · Restaurantes · Vegetariano · West Village

As opções do restaurante israelense Taïm em Nova York

Embora o Taïm tenha uma aproximação de gourmet da cozinha do Oriente Médio, isto mal afetou os preços. O falafel é a especialidade aqui, enrolada em bocados pequenos e firmes. As opções são variadas: verde, com hortelã, salsinha e coentro; pimenta vermelha tostada; e harissa, uma versão tunisiana temperada com páprica e alho.

Um sanduíche custa $5 dólares e vem acompanhado de tahini e hummus caseiro.

Tudo é fresco, feito diariamente, mais do que justificando o nome deste local; taïm que em hebreu significa “delicioso”.


Taïm

📍 Endereço
222 Waverly Place
entre a Perry St. e W. 11th St.

🚇 Metrô
1, 2, 3 para a 14th St.

🕐 Horários
Diariamente, das 11h às 22h

☎️ Telefone
+1 (212) 691-1287

🔗 Links
www.taimnyc.com
instagram.com/taimfalafel


CRÉDITOS
@meltingbutterdotcom
@brooklynismyboyfriend
@jews_of_ny
@obese.olive